sábado, janeiro 31, 2015

Euzinha #1

Olá queridos(as) leitores(as)! Como prometi decidi auto-dedicar o post de hoje à minha cara pessoa. Isto de criar um blog sem me apresentar é um pouco chato, e como não tenho paciência nem criatividade para o fazer num monótono texto corrido, decidi pegar em algumas tags que vi espalhadas pelos vossos blogs e decidi respondê-las. Quem quiser pegar nas questões faça o favor de as pegar que eu não deixo a sushi vos morder! Então bora lá...


Fotografia da minha autoria datada de 2012

sexta-feira, janeiro 30, 2015

#smearforsmear

Já ouviram falar na campanha #smearforsmear? Eu também não a conhecia até ver no meu feed do facebook uma notícia!


  • O que é o #smearforsmear?
#SmearForSmear (borrão por borrão em português) é uma iniciativa lançada pela Jo's Cervical Cancer Trust, sendo esta uma fundação inglesa. 

quinta-feira, janeiro 29, 2015

Tese

Olá querido(a)s leitore(a)s. Como disse ontem, hoje tive uma apresentação sobre a minha tese. Estava super nervosa, tão nervosa que treinei durante dois dias a minha rapidez a falar nos poucos 10 minutos que tinha para falar sobre o meu trabalho! Correu tudo bem! Muito bem! O coordenador de curso gostou imenso do meu trabalho e disse que era dos melhores, não estão mesmo a ver a minha cara de auto-orgulho que tive naquele momento! Uma coisa é o nosso orientador gostar do trabalho, outra é o coordenador do curso! Só isto ainda me deu mais motivação para continuar!


terça-feira, janeiro 27, 2015

#2 Viagens - Abu Simbel

 
Olá a todos. Hoje vou dedicar o post a mais uma viagem feita, e desta vez, a uma viagem bastante fora do normal! Já imaginaram ir ao templo Abu Simbel sem sair do vosso país? Parece lunático, mas sim é possível! Foi em 2012 numa feira anual de artesanato em Peniche, e devo-vos dizer que mal soube que esta exposição estava lá só ansiava ir vê-la, o problema? Estava a 300km de férias. Foi bastante complicado para ir, mas o que interessa é que deu! Fui no último dia da exposição, mas FUI! E devo-vos dizer, eu passei lá a vida, aquilo para mim era o paraíso (nem quero imaginar se tivesse mesmo no Egipto, eu sou louca por coisas egipcias), e era a imitação exacta do templo, não fosse o dono um senhor sábio do original. Pois bem, adorei imenso ter visitado esta exposição, e se a apanhar novamente, acreditem que irei de novo para a bilheteira! Deixo-vos aqui umas fotografias para verem como era lá dentro.


domingo, janeiro 25, 2015

Editores Fotográficos #1

Olá a todos! Hoje decidi dedicar um post a todos os que me questionam com o seguinte:
"Que programas usas para editar as fotografias?"
Pois bem, como agora a maioria das vezes que edito fotografias é através do tablet/smartphone vou dividir este texto em duas partes: uma dedicada ao que uso a nível mais profissional, ou seja, no computador; e uma parte dedicada ao que uso como hobbie, ou seja em plataformas android/iOS. 
Então vamos começar,

Fonte: Weheartit

Parceria: Blogging



Olá a todos! Hoje decidi fazer uma publicação destinada aos que ainda não sabem, nem nunca ouviram falar no Blogging. Acredito que sejam poucas as pessoas, mas é sempre bom falar neste tópico nem que seja para dar valor ao que os portugueses fazem!



Ora bem, mas o que é o Blogging? 


sexta-feira, janeiro 23, 2015

Parceria: youzz

Olá a todos! Hoje decidi falar de uma plataforma que me é bastante útil de vez em quando! Chama-se youzz. Estou registada já há quase dois anos e nunca tive razão de queixa. Quando me registei, foi apenas com o intuito de conseguir amostras de comida para a minha sushi. Quem tem animais, sabe que é complicado gerir a alimentação deles, principalmente porque se tornam esquisitos e teimosos de um dia para o outro. Desde whiskas, gourmet, friskies, sheba, entre outras marcas, conto pelos dedos de uma mão, o que ela come efectivamente e que GOSTA! Assim sendo, decidi inscrever-me para poder receber amostras de comida para o animal e perceber se valia apena comprar o produto ou não! 


quinta-feira, janeiro 22, 2015

Infinitas séries.

- "Rita que séries vês?
Quando me fazem esta questão é entrar num buraco sem saber o que realmente me reserva. Das duas uma, ou adoram ouvir-me falar durante meia hora, ou então, simplesmente não sabem que este era o momento ideal para terem estado calados ou ter arranjado um sofá confortável enquanto esperam que termine de responder à questão.
Sim, sou completamente viciada em séries. Se já não vi todas, estou mesmo lá muito perto. Cheguei ao ponto de criar uma agenda só para me recordar em que dias sai um episódio novo, e de criar uma conta no antigo getglue, para conseguir os famosos autocolantes de cada episódio de cada série. Sim, sou mesmo deste género. Mas nem tudo é vicios. Como qualquer viciado, ou melhor amante de séries e filmes e tudo o que mexa connosco, é necessário adquirir uma certa maturidade e perceber que ver dezenas de séries por dia para além de não ser saudável é muito complicado de gerir, principalmente na faculdade. Ao inicio, via-as apenas quando tinha tempo, depois fui mesmo acabando por pô-as na lista do "nas férias, volto a ver". Pensei que iria ser complicado, mas afinal não. Os nossos próprios gostos e o enredo vão se alterando com o passar dos anos. E felizmente que assim é! Se não teria de arranjar mais discos externos para guardar tudo, sim que eu GUARDO tudo!


Dezanove horas sem electricidade!

Nasci e cresci com a ideia já fundamentada que a electricidade é dos bens essenciais. Nunca tive um único dia em que tivesse visivelmente de lidar com este passado fantasmagórico dos inicios do século XX. Sejamos realistas, não me interessa que me digam: "Ai se vocês vivessem na epóca em que não havia electricidade", meus caros senhores, vocês estiveram habituados a essa época, viveram com isso e desconheciam outro patamar na altura. Nós, que nascemos já com um interruptor e uma tomada no quarto, acham que conhecemos outra vida se não esta? Se tivessemos nascido nessa época, claramente que teríamos e saberíamos lidar com isso! Mas não. A questão aqui nao são os jovens de hoje em dia, como vocês tanto retratam, são as pessoas que não conhecem outra vida senão esta! São as pessoas que necessitam de corrente eléctrica para trabalhar e viver a sua vidinha. Os documentos à mão deram lugar aos computadores e a smartphones. É impossivel conseguir continuar com o dia-a-dia sem elecricidade. Não existiria nada, ou quase nada do que temos hoje! Claro que um dia às escuras até nos faz bem para darmos valor ao que realmente usamos tanto e não damos importância, mas um mero dia pode ter repercussões sérias na vida! E se tivesse que entregar um documento importante até ontem à noite? Simplesmente já estava encalhada.
Caros, não estou a dar menos valor a quem nasceu noutra época, pelo contrário, dou bastante. Mas a evolução continua, e todos os dias, amanhã o ontem já deixou de ser banal, e existirão tecnologias nunca dantes vistas que poderão ser essenciais na nossa vida. O ponto fundamental aqui, é que não podemos menosprezar as pessoas só porque tiveram a sorte de nascer com as coisas já evoluídas! Não seria justo eu criticar um mais novo só porque quando ele nasceu já existiam telemóveis, e eu quando era pequena usava os bips. Sejamos cívicos, se não com os outros, pelo menos com a nossa mentalidade.

terça-feira, janeiro 20, 2015

2015's To-Do List

Já é dia 20 de Janeiro e ainda nem sequer tinha pensado na lista "To-Do" para fazer durante este ano que ainda está verdinho! Portanto, bora lá por as mãos na massa.

#1 - Tirar a carta!
#2 - Terminar a tese com boa nota!
#3 - Conseguir um bom contracto de trabalho.
#4 - Conseguir dedicar mais tempo à veia fotográfica.
#5 - Conseguir dedicar mais tempo ainda ao exercício físico.
#6 - Pôr o meu telemóvel na reforma e adquirir um iphone.
#7 - Ler o livro de Ken Follet - No Limiar da Eternidade.
#8 - Alterar o guarda-roupa para um digno de "doutora".
#9 - Ir a Salamanca, algo que ando a adiar há anos.
#10 - Arranjar um boguinhas (dependendo do orçamento).
#11 - Ganhar mais paciência.
#12 - Aprender novos cozinhados.
#13 - Re-encontrar-me com antigos amigos não descuidando dos novos!
#14 -Abrir o meu coração, e deixar entrar as pessoas.
#15 - Aproveitar todos os momentos.
#16 - Ser feliz!



Claro, que saúde e o bem-estar de todos os que me são queridos contam, mas não dependem de mim infelizmente, portanto não entram nesta lista. A autonomia também é um ponto que poderia estar nesta lista, mas diga-se de passagem, o facto de tirar carta, ter um boguinhas e um emprego, ajudam bastante nesse ponto, pelo que este está implicito nesses pontos!
Verdade seja dita, todos os anos pretendo abrir o meu coração às pessoas, e no inicio até consigo, o problema está em conseguir mantê-lo aberto durante algum tempo. Sou desconfiada por natureza e super reservada, é complicado ter este ponto sempre aberto na minha mente. No entanto, nada como voltar a tentar, e tentar sempre a cada momento!

segunda-feira, janeiro 19, 2015

Livro do mês

Caros, vou iniciar uma rubrica mensal - chama-se Livro do mês. Nesta rubrica vou partilhar com vocês um livro para que possam ler de forma gratuita e se quiserem, opinar sobre o mesmo quando o terminarem de ler. O que acham?
Este mês pensei em abrir esta rubrica com um livro português, a Chave de Salomão de José Rodrigues dos Santos. 

 

Espero que gostem...
Bom ínicio de semana!

sábado, janeiro 17, 2015

Sessão Fotográfica

Hoje decidi partilhar com vocês a última sessão fotográfica que realizei a uma amiga minha, a Rita Anjos. A evolução ao longo de todas as sessões que lhe fiz é notória, consigo notar um à vontade e uma certa confiança que era muito complicado captar antes, o que é certamente normal! É um grande desafio fotografa-la, mas um desafio que gosto bastante. Deixo-vos então algumas fotografias, espero que gostem.



sexta-feira, janeiro 16, 2015

Sushi

Hoje o protagonismo vai para a sushi. Tirei estas fotografias há um ano quando ela ainda tinha meio ano. E fazê-la olhar para a objectiva foi tão complicado que decidi trocar de lente e ficar a longos metros dela para que não conseguisse perceber o que estava a fazer.


quinta-feira, janeiro 15, 2015

terça-feira, janeiro 13, 2015

A vida de um consultor é igual às Putas

« Sem duvida que a comparação entre um Consultor e um Mordomo é muito acertiva mas acho que existe outra que representa bem a merda de vida que os demais desta activadade têm. Nós os Consultores somos como a Putas, e porquê:



THE OWNER OF SUSHI - 2016


DESIGN BY RITARAMOS